quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Nova espécie de Apistogramma

Uma nova espécie de Apistogramma é descrita pelos ictiólogos Lina Mesa Salazar e Carlos Lasso na bacia do alto Rio Orinoco (Rios Inirida, Atabapo e Mavaca) da Colombia e Venezuela. Apistogramma megaptera caracteriza-se por apresentar um corpo alto e dimorfismo sexual bem evidente, expresso tanto na coloração, quanto no formato da nadadeira anal. Outros caracteres diagnósticos que diferenciam esta espécie das demais espécies da bacia do rio Orinoco que apresentam barras transversais na nadadeira caudal (Apistogramma iniridae, A. velifera e A. inornata), são: nadadeira anal com uma franja negra na extremidade inferior; nadadeira dorsal com uma fina linha negra em sua margem superior e uma linha negra grossa na região infraorbital, cuja largura é igual o comprimento da pupila. Estes caracteres estão ausentes nas outras espécies descritas. Os machos alcançam um tamanho maior (58.7 mm) que as fêmeas (39 mm).

Apistogramma megaptera - exemplar macho

Comparando com as espécies restantes da bacia do Orinoco que apresentam nadadeira caudal com mácula (Apistogramma alacrina, A. hoignei, A. hongsloi, A. guttata, A. macmasteri e A. viejita), a pigmentacão em forma de barras transversais na nadadeira caudal, é um caráter que diferencia A. megaptera.
 

Nome popular.
Apistogramma megaptera sp. nov. é conhecida na literatura aquarista como Apistogramma Breitbinden
  
Apistogramma megaptera - exemplar fêmea


Hábitat. 
Na natureza é capturada simpatricamente com Apistogramma iniridae. Vive em águas negras de baixa condutividade (5 μS/cm) e pH ácido (valores menores de 4.6)

Etimologia.
Megaptera do grego Mégas que significa grande e Pterón que significa nadadeira, em referência as nadadeiras dorsal e caudal bem desenvolvidas nos machos da espécie.

Apistogramma megaptera - exemplar macho


Sistemática.
Comparando a morfologia de A. megaptera com o grupo artificial agassizii Meinken 1962 (seguindo Kullander 1980), composto pelas especies como A. agassizii, A. elizabethae e A. bitaeniata, no qual acredita-se que A. megaptera inclui-se nesse grupo, e também baseado em sua área de distribuição que recria os processos paleogeograficos anteriores ao levantamentos do arco estrutural do Vaupés.

Mapa de distribuiçao de A. megaptera

Para saber mais:
 Mesa Salazar, L. M. & Lasso, C. A. Apistogramma megaptera (Perciformes:Cichlidae), una nueva especie para la cuenca del Orinoco. Biota Colombiana, V. 12 N. 1, Pag. 19-29. 2011.

Adaptado e traduzido por Ricardo Britzke
©
Copyright 2012 ©

1 comentários:

Marcelo Mello ramos disse...

Olá, estou estreando um Top Rankink de Sites de Aquariofilia e gostaria muito de ter seu blog cadastrado:

Existem inúmeras vantagens em se listar seu site em Top Lists:
Geram-se links de retorno para seu site que lhe dão uma maior credibilidade junto ao google;
Você ganha bem mais acessos, pois todos os que frequentam este site são fãs de aquariofilia, este é o público que irá ser encaminhado á sua página;
Você pode saber como se posiciona seu site em relação aos outros de seu próprio nicho e desta forma criar estratégias para melhorar o marketing e SEO de sua página na internet;
Os sites mais acessados ficam melhor posicionados na lista, desta forma, o seu trabalho é reconhecido dentro de seu nicho de atuação, além de passar a credibilidade de sua página para seus clientes.

Temos muitas categorias que certamente se adequam perfeitamente ao seu site, você deve escolher apenas aquela que melhor se enquadra ao seu segmento.
Nossas categorias são:
Blogs de Aquarismo;
Clubes e instituições de Aquarismo;
Diretórios de Sites / Topsites de aquarismo;
Fórum de Aquarismo;
Lojas Online de Aquarismo;
Revistas e Publicações de Aquarismo;
Sites de Aquários Plantados;
Sites de Aquarismo;
Sites de Criadores de peixes;
Webcans / Livecans de Aquarismo;

Você só pode cadastrar um site por login mas você pode abrir mais de um login para colocar outros sites seus.

O site é http://www.forumamordepeixe.com.br/topaquarismo/

Juntos, promovendo a aquariofilia.