segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Nova espécie de Australoheros

Uma nova espécie do gênero Australoheros é descrita da bacia do rio Ribeira de Iguape. Descrita pelos ictiólogos brasileiros Felipe Ottoni, Osvaldo Oyakawa e Wilson Costa, esta espécie foi nomeada de Australoheros ribeirae, sendo endêmica da bacia do rio Ribeira de Iguape e distinguindo-se das demais espécies do gênero devido a caracteres de coloração, osteológicos, morfometricos e por apresentar um ectopterigoide fino.


Australoheros ribeirae, difere de A. facestus, A. Kaaygua, A. scitulus; por possuir os seguintes caracteres: 9-10 raios na nadadeira dorsal, 6-7 espinhos na nadadeira caudal, 8 raios na nadadeira anal, 14 vertebras pré-caudal, 12 vertebras caudal, 26 vertebras ao todo, 24-26 escamas na serie longitudinal, 16-18 escamas na linha lateral superior. Altura da cabeça 95.4–98.9 % da medida padrão, comprimento do ultimo espinho da nadadeira dorsal 16–16.8 % da medida padrão, altura do corpo 47.4–51.3 % da medida padrão, comprimento da nadadeira pélvica 32.4–37.2 % da medida padrão, comprimento da pré-dorsal 47.1–49.6 % da medida padrão, profundidade do pré-orbital 64.2–73.3 % da medida padrão, largura da cabeça 48.9–53.6 % da medida padrão. Apresenta coloração marrom-avermelhada com barras negras verticais.
Ribeirae se refere a bacia do rio Ribeira de Iguape, a localidade da nova espécie. A localidade tipo da espécie é o município de Sete Barras, próximo a estrada Sete Barras - Eldorado (SP).


Fig. 2 - Bacia do Rio Ribeira de Iguape


Para saber mais: Ottoni, F.P., Oyakawa, O.T. & Costa, W.J.E.M. : A new species of the genus Australoheros from the rio Ribeira do Iguape basin, Sao Paulo, Brazil (Labroidei: Cichlidae: Cichlasomatinae). Vertebrate Zoology, 58 (1): 75-81, 2008.

Adaptado e traduzido por Ricardo Britzke
©
Copyright 2008 ©

2 comentários:

Mirian Martins disse...

Oi, Ricardo,

tenho visitado seu espaço depois de encontrar seu contato no Blog da Renatinha.
Gosto muito dos seus post, trabalhei com "peixes" na minha dissertação.
Na oportunidade convido você pra visitar um Blog de biológos que componho, e, comunico que tem um selo sobre Meio Ambiente esperando por você!

Abraço.

Mirian Martins disse...

Ricardo,

Que bom que gostou do selo!
Voltei pra agradecer visita!
O título do meu trabalho é
Reproductive biology of Triportheus trifurcatus (Castelnau, 1855) (Characiformes: Characidae) in the middle rio Araguaia, MT, Brazil.
Caso queira ler o trabalho na íntegra, posso encaminhar por e-mail.

Abraço