quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Nova espécie de Austrolebias

Austrolebias paucisquama, uma nova espécie de peixe anual é descrita da bacia do rio Vacacaí, tributário do rio Jacuí, Rio Grande do Sul, Brasil.

Descrita pelos ictiólogos brasileiros Julian Ferrer, Luiz Malabarba e Wilson Costa, a nova espécie pertence ao grupo Austrolebias alexandri, que apresenta duas apomorfias; pontos azuis claros e nadadeiras peitorais cinza escuro nos machos. Distingue-se das outras espécies do grupo pelo reduzido número de escamas ao redor do pedúnculo caudal (12) e pelo menor número de raios na nadadeira dorsal dos machos (17-21).

A ausência de órgãos de contato na superfície interior das nadadeiras peitorais nos machos e o padrão de colorido das fêmeas – flancos marrom claro com variável número de pontos pretos relativamente alongados distribuídos principalmente na porção posterior – distinguem Austrolebias paucisquama das outras espécies do gênero.

Seu nome é um termo que vem do Latim, onde pauci significa poucas e squama siguinifica escamas, em referência ao número reduzido de escamas encontrados no pedúnculo caudal, sendo seu nome uma junção dos dois termos.



Maiores informações:
Ferrer, J.; Malabarba, L.R., Costa, W.J.E.M. Austrolebias paucisquama (Cyprinodontiformes: Rivulidae), a new species of annual killifish from southern Brazil. Neotoprical Ichthyology 6, pp. 175–180, 2008.

Adaptado e traduzido por Ricardo Britzke
©
Copyright 2008 ©

1 comentários:

Camilo Aparecido de Almeida disse...

Ola Ricardo tudo bem?me chamo Camilo moro na Cidade de Registro-SP no Vale do Ribeira,eu Fiz um Blog sobre o Vale do ribeira e estou fazendo uma pesquisa sobre os peixes aqui do Rio Ribeira de Iguape e conversando com o seu amigo Oscar luiz ele me indicou vc ,eu ja comecei a fazer a pesquisa e esta faltando as informações tecnicas sobre cada especie ,se vc puder me ajudar eu agradeço ,não sou biologo sou apenas uma pessoa que ama a naturezae curioso ,o endereço do meu blog é http://camiloaparecido.blog.terra.com.br/ Blog "Curiosidades do Vale do Ribeira e suas cidades" grande abraço.