sábado, 28 de fevereiro de 2009

Peixes do Pantanal

Introdução


Local da coleta

O Pantanal é uma extensa planície sedimentar localizada na Bacia do Alto Paraguai, abrangendo áreas do Brasil, Paraguai e Bolívia, e é considerado Patrimônio Nacional pela Constituição Federal de 1988 e reconhecido, em 2000, como Reserva da Biosfera e Patrimônio Natural da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco). Esta região apresenta um regime hidrológico único, que se caracteriza pela alteração sazonal dos níveis dos rios, que está entre os principais fatores que regem a sua grande biodiversidade, representada por mais de 650 espécies de aves, 80 espécies de mamíferos, 50 espécies de répteis, 2.000 espécies de plantas e mais de 260 espécies de peixes.

Local da coleta

A diversidade ictiofaunística do Pantanal existe devido a vários processos evolutivos, principalmente a estratégias alimentares. Nesta região, existem peixes detritívoros (alimentam-se de restos de animais e vegetais, encontrados no fundo dos rios), herbívoros (alimentam-se de folhas e frutos), carnívoros (alimentam-se de peixes, por exemplo), insetívoros, iliófagos (alimentam-se de lama), lepidófagos (alimentam-se de escamas). Isso nos demonstra como é importante a preservação deste bioma tão rico, pois qualquer transformação, pode acarretar na extinção de muitas espécies.

Local da coleta

Britski e colaboradores, no livro “Peixes do Pantanal”, publicado em 1999, listaram a ocorrência de 11 ordens de peixes, representadas por 109 espécies de Characiformes, 105 de Siluriformes, 16 de Perciformes, 12 de Gymnotiformes, 11 de Cyprinodontiformes e 11 de espécies distribuídas nos grupos Myliobatiformes, Clupeiformes, Beloniformes, Synbranchiformes, Pleuronectiformes e Lepidosireniformes. Em sua segunda edição revista e ampliada, o livro possui a descrição de 269 espécies de peixes, reproduzidas em dezenas de fotos e 150 ilustrações científicas.



Local da coleta
A coleta

Durante o Encontro Brasileiro de Ictiologia, que ocorreu de 25 a 30 de janeiro de 2009, fui convidado para uma coleta no Pantanal. Logo após o almoço, pegamos a estrada e nos dirigimos a região de Mimoso, no estado de Mato Grosso.
Diversas espécies
Ao chegarmos ao local, a água era límpida e rasa em sua maioria, sendo possível observar muitas espécies nandando calmamente. Existia no local também muitas plantas aquáticas, várias muito comuns ao aquarismo, assim como os peixes. Vale ressaltar que todos os animais coletados possuiam autorização pelo IBAMA e irão pertencer a coleção de peixes da Universidade Estadual Paulista (UNESP).




Diversas espécies (Rivulus puntactus, Pamphorichthys hasemani, Eigenmannia trilineata, Apistogramma borelli)


Família Characidae

Incertae sedis
em Characidae

Hemigrammus ulreyi


Hyphessobrycon megalopterus



Hyphessobrycon eques


Hyphessobrycon elachys


Aphyocharax rathbuni


Aphyocharax nattereri


Moenkhausia dichroura


Triportheus nematurus

Markiana nigripinnis


Bryconops melanurus


Subfamília Cheirodontinae


Serrapinnus kriegi

Subfamília Serralsaminae


Catoprion mento



Subfamília Characinae


Charax leticiae




Família Anostomidae

Leporinus friderici


Família Crenuchidae

Characidium laterale



Família Acestrorhynchidae

Acestrorhynchus pantaneiro



Família Lesbiasinidae

Pyrrhulina australis

Família Cichlidae

Apistogramma borelli


Laetacara dorsigera


Mesonauta festivus


Satanoperca pappaterra


Família Doradidae

Merodoras nheco


Família Synbranchidae

Synbranchus marmoratus



Agradecimentos:

A Claudio de Oliveira, Guilherme Lopes e Mahmoud Mehanna.

1 comentários:

Renatinha! disse...

Uau!
Que belo post!!!
Adorei!
Mas não vim ver seus peixinhos hj, vim te dar os parabéns pelo seu dia...
FELIZ ANIVERSÁRIO!!!
Um gde abraço da sua amiga cuiabana!
Beijão

PS: Recebeu meu sms?