sábado, 12 de julho de 2008

Nova espécie de Hyphessobrycon

Uma nova espécie do gênero Hyphessobrycon foi descrita no Brasil oriental. Nomeada pelo cientista alemão Axel Zarske de Hyphessobrycon khardinae, esta espécie é relacionada ao Hyphessobrycon rosaceus.

Hyphessobrycon khardinae sp. n. 39,4 mm MZUSP 98667

A espécie Hyphessobrycon khardinae é distinta de todos os membros gênero, por possuir uma combinação de dois a cinco dentes cúspides grandes no médiomaxilar, dois a três dentes tricúspides na fileira externa do pré-maxilar, cinco dentes cúspides na fileira interna do pré-maxilar médio. Possui também cerca de 31 a 34 escamas em séries longitudinais em um corpo relativamente profundo. Sua cabeça se apresenta relativamente curta, possuindo um ponto umeral triangular horizontalmente alongado, apresentando um de seus vértices se dirigindo em direção a sua cabeça.

Hyphessobrycon khardinae sp. n. 39,4 mm MZUSP 98667

A espécie é encontrada no rio Itaparana, no estado do Amazonas. A mesma recebeu este nome em homenagem a Natasha Khardina e Heiko Bleher, que coletaram vários exemplares da nova espécie juntamente com outras espécies do gênero Hyphessobrycon. parece ser restringido aos habitat do blackwater.

Hyphessobrycon khardinae sp. n. Foto: N. Khardina

Seu habitat parece ser restringido as aguas negras do rio Itaparana, sendo encontrado principalmente entre as folhas e raízes de plantas aquáticas e flutuantes dispostas no fundo arenoso do rio. Suas águas apresentam pH em torno de 6.15, condutibilidade em torno de 36 e temperatura em torno dos 25.9°C .

Hyphessobrycon khardinae sp. n. Foto: N. Khardina

Para mais informação, veja o artigo original:
Zarske, A. Hyphessobrycon khardinae sp. n. – ein neuer Blutsalmler aus Brasilien (Teleostei: Characiformes: Characidae). Vertebrate Zoology 58, p. 5–13, 2008.

Habitat de Hyphessobrycon khardinae sp. n. Foto: H. Bleher

Fonte: Vertebrate Zoology 58

Adaptado e traduzido por Ricardo Britzke
©
Copyright 2008 ©

1 comentários:

infox comp disse...

Poxa parabéns pelo blog...

Muito bom!


Essa informação da descoberta é muito legal.


www.infoxcomp.blogspot.com